Banner

Tecnologia

Blog

Você sabe o que é inovação disruptiva?

A inovação disruptiva se refere a tecnologias que transformam o mercado com algo completamente novo

16/07/2021
Facebook Whatsapp Linkedin

O fenômeno da inovação disruptiva foi criado pelo professor de Harvard Clayton M. Christensen, em seu estudo sobre a indústria do disco rígido e, mais tarde, popularizada em seu livro O Dilema da Inovação, publicado em 1997.

Ela se refere a um conceito, produto ou serviço que transforma um mercado ou setor com algo completamente novo. Quem viveu nos anos 90 deve se lembrar de como o computador pessoal transformou o mercado, sendo considerado uma tecnologia disruptiva.

Com as transformações rápidas nos dias de hoje, provavelmente a gente não se dá conta de como surgem inovações. Devido à internet e aos dispositivos móveis, acabamos incluindo novidades em nossas rotinas de forma tão natural que acabamos nem notando mais. 

Por essa razão, separamos neste conteúdo exemplos atuais de inovação disruptiva. Vamos conferir?

 

Netflix

A plataforma de streaming é um grande exemplo de inovação disruptiva. Originalmente era uma empresa fornecedora de correspondências em DVD, mas viu uma oportunidade em uma área do mercado pouco explorada.

A Netflix tomou a iniciativa ousada de interromper seu próprio modelo de negócio, afastando-se de um espaço seguro e dominando o mercado de streaming. Em 2013, a plataforma teve sua última inovação disruptiva, quando entrou no mercado cinematográfico, tendo um grande sucesso que dura até hoje.

 

Nubank

O roxinho, desde 2013, desafia os serviços financeiros do Brasil. Eles mudaram o foco dos serviços para o dispositivo móvel. Essa mudança interrompeu o mercado, removendo muitas das barreiras que os brasileiros enfrentam ao tentar conseguir um crédito.

O Nubank trouxe às pessoas um novo padrão em serviços financeiros, deixando o poder e o controle às mãos do cliente, permitindo fazer serviços como bloquear e desbloquear seus cartões de crédito, alterar seus limites e pagar suas contas em tempo real e diretamente do celular.

 

Uber

O Uber modificou a vida tanto dos profissionais autônomos como dos passageiros. Os motoristas têm uma alternativa de trabalho mais flexível, menos burocrática e com mais clientes. Já os passageiros possuem uma alternativa simples, econômica e prática de se locomover.

Graças ao seu sucesso, foram criadas outras versões do aplicativo, como o UberX, Comfort e Black, de acordo com a necessidade do cliente. Além disso, também surgiram muitas concorrentes, como a 99, por exemplo.

 

Spotify

O aplicativo de músicas veio para facilitar a forma que escutamos música. O Spotify é gratuito, mas existem planos pagos que possibilitam ouvir músicas e podcasts sem interrupções e pular quantas vezes quiser.

O serviço também trouxe facilidade para os criadores de músicas e programas de podcasts, visto que ficou mais fácil adquirir popularidade com o público. Além de tudo, o serviço conta com apoio da inteligência artificial para recomendar playlists e podcasts aos usuários

 

WhatsApp

O aplicativo surgiu como opção sem custo para uso do SMS, bastando ter acesso à internet. Hoje o WhatsApp é um dos principais meios de comunicação em todo o mundo, seja para conversas pessoais, profissionais ou em grupo. 

Seu uso foi expandindo também para empresas com o WhatsApp Business, exclusivo para empresas, informar entregas, atender clientes, automatizar mensagens e outras funções.

Gostou do conteúdo? Assine a nossa newsletter para receber artigos como este. 

Veja mais

Ilustração
WhatsApp us